Digital clock - DWR

quinta-feira, 18 de maio de 2017

STF afasta Aécio Neves e PF prende irmã de senador

Aécio
BBC - Segundo relato do jornal O Globo, Aécio Neves teria sido gravado pelo dono da JBS, Joesley Batista, pedindo R$ 2 milhões, que seriam destinados a pagar despesas com sua defesa na Lava Jato. E Loures teria sido filmado com uma mala com R$ 500 mil da suposta propina.
Já a irmã de Aécio, Andrea Neves, foi presa pela Polícia Federal (PF) em Nova Lima, em Belo Horizonte. Desde as 5h30 desta quinta-feira, a PF e o Ministério Público Federal cumprem mandados de busca e apreensão nas residências do senador.
Há ações em três capitais brasileiras. Os policiais se dirigiram para endereços do senador no Lago Sul, em Brasília; no bairro Anchieta, em Belo Horizonte; e em Ipanema, no Rio, além de seu gabinete no Congresso Nacional, em Brasília. Também há mandados de busca no gabinete de Loures e do senador Zezé Perrela (PSDB-MG), cuja empresa foi citada na delação como destino final do dinheiro.
São ainda cumpridos mandados nos apartamentos de Andrea Neves, em Copacabana, no Rio; e de Altair Alves, conhecido por ser braço direito do deputado Eduardo Cunha, localizada na Tijuca, também no Rio.A ação teve autorização do STF e da Procuradoria-Geral da União (PGR). Ainda não há informações sobre onde o senador se encontra.
Créditos: BBC Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários aqui publicados são de responsabilidade de seus autores.