Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Cientistas criam células-tronco do sangue


Experimento inédito poderá indicar forma mais viável de criar células para uso médico.

 Cientistas da Universidade de Cambridge, na Grã-Bretanha, desenvolveram  uma forma de criar células tronco a partir do sangue.

O experimento inédito pode indicar a forma mais viável de criar células para tratar pacientes.

A maior parte das células-tronco são criadas a partir da pele humana, mas estudos recentes mostram que células geradas pela pele humana são menos seguras para o uso médico.

Leia mais em BBC Brasil e WSCOM Oline.

PB:Chove no Sertão, Cariri e Curimataú

Pancadas de chuva registrada no início da noite desta quinta-feira (29) animaram moradores das regiões do Sertão, Cariri e Curimataú paraibano. O fato foi bastante comemorado por internautas destas regiões, que postaram inúmeras fotos nas redes sociais.
Além do início das chuvas, que neste período são chamadas de trovoadas no Sertão e Cariri, os internautas também comemoraram a mudança do clima, uma vez que as temperaturas começaram a cair.
Entre as cidades citadas pelos internautas estão Patos, Santa Luzia, Triunfo, São Bento, Monteiro, Sumé, Poço de José de Moura, São José dos Cordeiros e Soledade.
“Nas cidades de Patos e Santa Luzia está chovendo”, comemorou o twitteiro Dan Barbosa.
“Que cheiro bom é o cheiro da chuva”, disse Toni Lúcio.
WSCOM

Irã exige que AIEA encerre investigação sobre seu programa nuclear


Irã AIEA

O Irã exigiu que a Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) encerre a investigação sobre seu programa nuclear, apresentando uma declaração de 50 pontos que, de acordo com o lado iraniano, refuta a hipótese de Teerã estar desenvolvendo armas de destruição em massa.

     De acordo com o representante permanente do Irã na AIEA, Ali Asghar Soltaniye, o documento sugere que a investigação da AIEA sobre o programa nuclear do Irã deve ser "imediatamente encerrada".

Elevação do estatuto da Palestina na ONU não resolve os problemas


Cisjordânia ONU Palestina Faixa de Gaza Hamas Fatah

A Assembleia Geral da ONU aprovou, por esmagadora maioria de votos, o estatuto da Palestina como estado observador. Na opinião de Moscou, que votou a favor, a elevação do estatuto palestiniano irá favorecer o diálogo entre os palestinos e os israelenses.

Entretanto, a comunidade de analistas se dividiu, a esse respeito, em otimistas e pessimistas.
Hoje, os palestinos rejubilam. Na sua perceção, para a obtenção da soberania só falta mais um passo. Se bem que, na realidade, o principal obstáculo para se obter um Estado palestino de pleno direito sejam os próprios palestinos. De fato, a Autoridade Palestina é a Cisjordânia, onde no poder está a Fatah. Essa organização foi fundada em 1957 pelo então futuro líder da OLP, Yasser Arafat. Desde então, o movimento percorreu um longo caminho desde os métodos estritamente terroristas de combate ao reconhecimento da existência de Israel e à escolha de uma via pacífica para a regularização do conflito.
Fatah sofre a concorrência do Hamas da Faixa de Gaza. Este escolheu como seu objetivo último a criação de um califado muçulmano e a libertação da Palestina das mãos dos sionistas. Esses dois movimentos perseguem objetivos diferentes. Os primeiros são sobretudo nacionalistas laicos. Os segundos são internacionalistas islamitas, para quem um Estado palestino não representa um interesse especial. São divergências ao nível ideológico que são extremamente difíceis de superar.
Outro aspeto importante é a Palestina depender financeiramente de Israel e dos EUA. Tudo indica que, para os palestinos, não é viável economicamente irritar o Ocidente. No entanto, eles se decidiram a dar esse passo. O chefe de redação da revista Rússia na Política Global, Fiodor Lukianov, partilhou a sua opinião sobre esse assunto:
"Paradoxalmente, a Palestina se encontra, por um lado, no centro de todos os acontecimentos, e por outro, não interessa, falando francamente, a ninguém nos outros países árabes. O destino do povo palestino é a última coisa a preocupar alguém. A triste ironia de tudo isto é que o estatuto da Palestina é promovido quando o projeto de um estado palestino se pode dizer que praticamente morreu. Algo me diz que o problema palestino, se se vier a resolver, será de uma forma diferente e em ligação com um outro Estado que se chama Jordânia. O que é a Jordânia? É um estado em que 70% da população são palestinos. Existe aqui um amargo paradoxo. Por um lado, nós iremos avançar para o reconhecimento da Palestina que foi inventada no gramado da Casa Branca. Por outro lado, a verdadeira Palestina irá se formar, pelos vistos com grandes conflitos e consequências imprevisíveis, noutro lugar".
Com tudo isto, a comunidade internacional não pode virar as costas ao processo de paz do Oriente Médio, pois a região é crucial para o sistema de estabilidade global. Apesar das críticas, o quarteto de mediadores internacionais, que inclui a Rússia, os EUA, a ONU e a União Europeia, deve continuar a elaborar o um plano de ações de paz, simplesmente porque não existe qualquer outro mecanismo comprovado.
Por outro lado, os países principais terão de pensar numamodernização radical da abordagem da regulação da situação no Oriente Médio. Esperamos que a elevação do estatuto palestino na ONU (com as respetivas consequências bastante sérias, mas ainda mal previstas) estimule reflexões a esse respeito. VOZ DA RÚSSIA

Cinco perguntas podem prever obesidade infantil, diz estudo

Obesidade (arquivo/BBC)
Pesquisadores britânicos afirmam que uma fórmula simples com cinco perguntas é capaz de prever o risco de obesidade de uma criança logo após seu nascimento.
Os cientistas do Imperial College de Londres analisaram 4.032 crianças finlandesas nascidas em 1986 e as informações de outros dois estudos, com 1.053 crianças italianas e 1.032 crianças americanas. Eles descobriram que apenas a análise de algumas medidas simples já é o bastante para prever a obesidade.
A lista tem cinco perguntas: o peso da criança ao nascer, o índice de massa corporal dos pais, se a mãe fumou ou não durante a gravidez, o número de pessoas que moram na casa da criança recém-nascida e o status profissional da mãe.
Os dois últimos itens estão relacionados ao ambiente social no qual a criança nasce e que pode elevar o risco de obesidade.
"Quanto menor o número de pessoas morando na residência, maior o risco de obesidade da criança, pois este número está ligado à mães solteiras", afirmou à BBC Brasil a professora do Imperial College Marjo-Riitta Jarvelin, que participou do estudo.
"E quanto ao status profissional da mãe, sabemos que uma mãe com maior (nível de) educação é mais bem preparada, sabe mais a respeito da saúde da criança", acrescentou.
"A equação é baseada em dados de um recém-nascido que todos podem obter e descobrimos que pode prever cerca de 80% (dos casos de) crianças obesas", afirmou Philippe Froguel, do Imperial College de Londres, que liderou o estudo.
Anteriormente, os especialistas acreditavam que fatores genéticos eram os maiores determinantes de problemas de peso em crianças, mas apenas cerca de um em cada dez casos de obesidade é resultado de uma mutação genética rara que afeta o apetite.
A pesquisa foi publicada na revista especializada PLos One. Os fatores de risco para obesidade já eram muito conhecidos, mas esta é a primeira vez que estes fatores foram colocados juntos em uma fórmula.
Para Philippe Froguel, a prevenção da obesidade é a melhor estratégia para a infância.
"Infelizmente, as campanhas de prevenção tem sido muito ineficazes para evitar a obesidade entre crianças em idade escolar. Ensinar aos pais sobre o risco do excesso de alimentação e maus hábitos nutricionais seria muito mais eficaz", afirmou.
"A mensagem é simples. Todas as crianças em risco devem ser identificadas, monitoradas e bem aconselhadas, mas isto custa caro", acrescentou.
"A prevenção deve começar o mais cedo possível, pois perder peso é muito mais difícil", afirmou Marjo-Riitta Jarvelin.
Paul Gately, especialista em obesidade infantil na Leeds Metropolitan University, afirmou que uma ferramenta como esta pode ajudar o sistema público de saúde britânico a alcançar especificamente pessoas que tem risco de obesidade, ao invés da abordagem sem foco e única para todos os casos, "que nós sabemos que não funciona".
"Em vez de gastar com um número enorme de pessoas, podemos ser mais específicos e gastar de forma apropriada. Podemos não economizar no curto prazo, mas gastaremos com mais sabedoria e poderemos reduzir os gastos (relativos a obesidade) do NHS (sistema público de saúde britânico) no futuro", disse.
"Fizemos um ótimo trabalho destacando que a obesidade é uma questão séria mas deixamos o público em geral paranoico (pensando que) todos correm o risco (de ficar obesos)."

BBC Brasil

Consumidor não será cobrado por ligações sucessivas para o mesmo numero

Consumidor não será cobrado por ligações sucessivas para o mesmo número.
   Daqui 90 dias, se uma ligação for interrompida, o usuário pode repeti-la e a primeira chamada será desconsiderada.
Mais informações no site da Anatel.

Com prêmio estimado de R$ 180 milhões, vem aí Mega da Virada

 Com prêmio de R$ 180 milhões, Mega da Virada inicia apostas:   
   A partir desta quinta-feira (29), as 11,9 mil casas lotéricas começaram a receber as apostas para o concurso mais esperado do ano. O sorteio será realizado no dia 31 de dezembro.
 Boa sorte.

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Lago na Antártida pode guardar 'segredo' de vida alienígena

Lago Vida
Cientistas descobriram micróbios que sobrevivem em condições de alta salinidade e temperaturas abaixo de zero em um lago na Antártida, algo que dá indícios de que pode existir vida em luas congeladas do Sistema Solar.
Foram encontrados micróbios que viviam em um ambiente escuro, em temperaturas de até -13º C. Além disso, eles afirmam que as formas de vida estão isoladas do resto do mundo há 2,8 mil anos.
Detalhes desta pesquisa foram publicados pela revista científica PNAS.
"É plausível que uma fonte de energia para essas formas de vida exista apenas devido à reação química entre a água salgada e as pedras", afirma Christian Fritsen, do Instituto de Pesquisas em Desertos (DRI, na sigla em inglês), dos EUA, que é coautor do estudo.
Alison Murray, líder das pesquisas, diz que se esta hipótese estiver correta, cria-se "uma estrutura completamente nova de pensamento sobre como a vida pode estar apoiada em crio-ecossistemas na Terra e em outros mundos frios do Universo".
A lua Europa, do planeta Júpiter, é um dos lugares que cientistas acreditam que pode ter condições semelhantes para que esse tipo de vida se desenvolva.

Vida em luas

O Lago Vida, o maior da região dos vales secos de McMurdo, na Antártida, não possui oxigênio, é ácido, congelado e tem os mais altos níveis de óxido nitroso do mundo.
Um líquido seis vezes mais salgado do que a água marinha permeia todo o ambiente.
Durante visitas a campo em 2005 e 2010, Alison Murray liderou um trabalho de perfuração, que retirou gelo do lago, coletou amostras do líquido salgado e analisou o potencial da água de hospedar organismos vivos.
Para evitar contaminações ao isolado ecossistema, eles adotaram procedimentos controlados e equipamentos especiais, trabalhando em tendas esterilizadas na superfície do lago.
A abundância de diferentes compostos químicos presentes no lago levou os cientistas a concluir que reações químicas estavam acontecendo entre a camada de líquido e os sedimentos mais profundos – produzindo óxido nitroso e hidrogênio molecular.
O hidrogênio pode ser a fonte de energia que alimenta os micróbios presentes no líquido salgado. Além disso, o baixo ritmo do metabolismo desta forma de vida faz com que as reservas de energia durem bastante tempo.
Para Cynan Ellis-Evans, do programa de pesquisas British Antarctic Survey (BAS), que não participou desta pesquisa específica, a descoberta de micróbios nesses lagos tão remotos é "muito interessante".
O pesquisador cita indícios recém-descobertos de que bolsões de gelo e água possam existir na lua Europa, com condições parecidas aos encontrados no estudo na Antártida.
Leia mais em BBC Brasil.

Ministério do Exterior russo pede que Conselho de Segurança da ONU reaja a atentado na Síria


Síria explosão damasco mortos damasco explosões

O Conselho de Segurança das Nações Unidas tem a obrigação de reagir ao atentado terrorista perpetrado na quarta-feira no subúrbio da capital síria, declarou hoje Guenadi Gatilov, vice-ministro russo das Relações Exteriores.

O diplomata russo lembrou que as quatro explosões ocorridas ontem num subúrbio de Damasco povoado essencialmente por cristãos, deixaram 54 mortos e mais de 120 feridos.
O conflito armado na Síria vem se arrastando desde março de 2011 e, segundo dados das Nações Unidas, resultou já na morte de mais de 30 mil pessoas.

Vídeo mostra momento que homem é algemado e morto dentro de uma viatura da Polícia Militar


O vídeo postado no canal Youtube mostra o momento em que a Polícia Militar da Paraíba prende um homem e o executa dentro de uma viatura da PM. O caso ocorreu no último domingo (25), no distrito de Cajá, no município de Caldas Brandão, no Agreste paraibano.
As imagens mostram a ação da polícia para coibir a imprudência de diversos jovens utilizando motos e carros na principal avenida da cidade. Gritos e correria das pessoas também integram a cena. Durante pouco mais de dois minutos é possível ouvir os disparos efetuados pela PM em José Almeida Neto, 27 anos, que estava algemado na mala do carro. Ele morreu antes de receber atendimento médico.
À época, o tenente Coronel Linhares, comandante da Polícia Militar em Itabaiana, revelou que José Almeida morreu após pegar uma metralhadora que estava no banco traseiro da viatura e efetuar disparos contra a guarnição.
O Comando Geral da Polícia Militar divulgou nota comunicando que arma utilizada para matar o jovem e a viatura onde ele foi morto foram recolhidos para a perícia.
Do Portal Correio e Focando a Notícia.

Mulher mostra implante de silicone no glúteo que vira do avesso

Mulher mostra implante de silicone no glúteo que vira do avesso
Uma mulher postou um vídeo no Youtube mostrando o defeito de sua prótese de silicone colocada no bumbum, que "virou do avesso". Nas imagens, ela gira um dos implantes mostrando que ele está totalmente solto e pode deixar a região reta com o que seria a parte inferior da peça.

No vídeo, a mulher não identificada o manipula e diz que "nenhum implante deveria fazer isso". Segundo o jornal Daily Mail, é difícil dizer se o vídeo é autêntico e também não foi possível dizer em qual clínica a mulher fez o atendimento.

Mas Adrian Richards, um cirurgião plástico da Aurora Clinics, no Reino Unido, acredita que o vídeo é verdadeiro. Ele disse que o problema ocorre quando o implante não é colocado com firmeza suficiente em uma bolsa que o cirurgião deve criar entre a nádega e o osso pélvico, ou na parte superior do glúteo.

"É uma complicação que é relativamente comum após implantes do tipo. Isso realmente não deve acontecer porque a bolsa deve ser criada para que o implante fique onde está", disse, acrescentando que o acontecido não deve ser doloroso, mas que provavelmente precisará ser removido.

Nos últimos anos, especialistas  em cirurgia plástica alertam mulheres sobre risco de operações em clínicas que não têm permissão para isso. Segundo o jornal, na manhã desta quinta-feira (29), 278 pessoas curtiram o vídeo no Facebook e quase 20 mil compartilharam.
PBAgora

Refrigerante aumenta risco de câncer de próstata


 Refrigerantes já saíram do cardápio de inúmeras mulheres preocupadas com o peso e até o aumento da celulite. Agora, o consumo da bebida também deve cair entre os homens: um estudo descobriu que beber refrigerante pode favorecer o surgimento de tipos agressivos de câncer de próstata. A pesquisa será publicada na próxima edição do American Journal of Clinical Nutrition, mas já foi divulgada online nesta segunda-feira (26).
Especialistas da Lund University, na Suécia, acompanharam oito mil homens com idades entre 45 e 73 anos por um período de 15 anos. Todos foram submetidos a uma bateria de exames regularmente e tiveram seus hábitos alimentares avaliados.
Os resultados mostraram um aumento de 40% no risco de desenvolver formas graves de câncer de próstata entre homens que bebiam 330 mililitros de refrigerante diariamente, o que equivale a quase uma latinha por dia. Outra conclusão foi de que consumir uma dieta rica em carboidratos, como arroz e massas, aumentava o risco de desenvolver tipos menos agressivos de câncer de próstata em 31%. Por fim, açúcar e cereais matinais foram associados a uma probabilidade 38% maior de desenvolver tipos menos agressivos desse câncer.
O câncer de próstata é o segundo mais comum entre o público masculino, ficando atrás apenas do câncer de pulmão. Para se prevenir da doença, especialistas dão uma lista de recomendações, além, é claro, da redução do consumo de refrigerante. Confira quais são eles:
1. Beba leite
Fonte de vitamina D e cálcio, o leite ajuda no processo de autodestruição de células cancerígenas. Recomenda-se a ingestão de 500 ml da bebida por dia. Mais do que isso pode ser prejudicial.
2. Tempere com alho e cebola
Alho e cebola podem diminuir em até 30% o risco de desenvolver o câncer de próstata. Isso acontece graças a compostos sulfurosos e nutrientes antioxidantes neles presentes. Meia cebola ou dois dentes de alho por dia já são o suficiente.
3. Coma tomate
Rico em licopeno, o tomate é um famoso aliado de quem deseja se prevenir do câncer de próstata. A substância com alto poder antioxidante diminui em até 33% o risco de ter a doença.
4. Soja
A genisteína, um tipo de isoflavona, foi apontada em diversos estudos como um elemento capaz de favorecer a autodestruição de células cancerígenas. Invista em bebidas à base de soja ou mesmo em carnes de soja.
WSCOM

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Dieta promete eliminar até 50% do excesso de peso em um mês

Dieta promete eliminar até 50% do excesso de peso em um mês
Uma dieta criada por um endocrinologista de São Paulo promete eliminar de 30% a 50% do excesso de peso em apenas um mês, sem que seja necessário fazer exercícios. O cardápio é baseado no consumo de proteínas e no controle de carboidratos. Algumas bebidas alcoólicas são permitidas, como o vinho. E o tamanho do prato, assim como a frequência das refeições, é flexível.  

Apesar da aparente liberdade, não é possível comer tudo o que se tem vontade. "O conceito é comer a hora que quiser, o volume que quiser, mas não o que quiser", alerta o endocrinologista Cyro Guimarães Junior.  

Requeijão, queijos amarelos, creme de leite, biscoito, uva, abacate, banana, caqui, manga, mandioca, batata, milho, refrigerantes (inclusive diet), cerveja, chope, carnes à milanesa e à doré devem ser riscados do cardápio.  

Também estão proibidos alimentos conservados em tetra pak, vidros ou plásticos. "O chá verde industrializado é vendido como saudável, mas tem 20.6 gramas de sódio a cada 100 ml e isso representa de 4 a 5 colheres de sopa de sal em uma embalagem de 1 litro", revela Junior. Já os sucos embalados não devem ser consumidos, segundo o endocrinologista, devido à inclusão de adoçantes e amido de milho, que instigam o aumento de peso e aumenta a chances de desenvolver diabetes e hipertensão.  

Mesmo com tantas proibições, a dieta permite o consumo de alguns carboidratos à vontade, como os que estão presentes no leite e derivados, e também nas frutas. Já massas e grãos são liberados aos poucos. "A pessoa pode comer uma massa na semana, na quantidade que achar melhor. Já os grãos, como arroz, feijão, ervilha, soja e outros, só podem ser consumidos três vezes na semana", diz o médico. Se uma pessoa comer uma feijoada, por exemplo, terá consumido os créditos de grãos na semana.  

Sucos de fruta sem açúcar podem ser consumidos à vontade, bem como chás em pó ou sachês e água de coco. "Quem quiser também pode fazer uma vitamina de leite batido com frutas, sem problemas, pois tudo isso é liberado", ressalta Junior.  

Com relação às bebidas alcóolicas, cervejas e bebidas licorosas estão vetadas. Já os vinhos e as bebidas destiladas estão liberados. "É preciso manter alguns prazeres para que o paciente consiga seguir a dieta", afirma Junior. Ele enfatiza que o uso social da bebida, segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde), limita-se a até duas doses de destilado por dia ou duas taças de vinho.  

Para seguir a dieta, é preciso evitar a praticidade. "Ninguém quer perder tempo preparando uma refeição, por exemplo, mas o ideal é levar comida pro trabalho e não sair para comer fora", acredita Junior.  
Leia mais em PB Agora.

Taxa de desmatamento na Amazônia tem nível mais baixo da história

Taxa de desmatamento na Amazônia renova nível mais baixo da história
O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) divulgou hoje (27) que a taxa de desmatamento na Amazônia Legal ficou em 4.565 quilômetros quadrados entre agosto de 2011 e julho de 2012, o menor nível desde que começou a medição, em 1988. Trata-se de uma redução de 27% em relação ao período anterior.
O Pará liderou mais uma vez a lista, com 1.699 quilômetros quadrados desmatados, embora tenha apresentado notável redução em relação ao ano passado, quando registrou 3.008 quilômetros quadrados, e em relação a 2004, pior resultado dos últimos anos, com 8.870 quilômetros quadrados. Em seguida vêm Mato Grosso (777 km2), Rondônia (761 km2) e Amazonas (646 km2). No pé do ranking estão Amapá, com 31 quilômetros quadrados de desmate, e Tocantins, com 53 quilômetros quadrados. Em termos percentuais, Tocantins (33%) e Amazonas (29%) apresentaram os piores resultados, ao passo que Amapá (-53%), Pará (-44%) e Maranhão (-33%) obtiverem os avanços mais expressivos. 
A taxa de desmatamento vem em queda desde 2004, quando esteve próxima do pico histórico, com 27,7 quilômetros quadrados, e a redução é constante desde 2008, quando 12,9 mil quilômetros quadrados foram derrubados. Ao longo da década, a redução mais expressiva foi obtida por Mato Grosso, que tinha 11,8 mil quilômetros quadrados em 2004, uma queda de 93% em oito anos. Em seguida, em termos percentuais, vêm o Pará (-81%), Rondônia (80%) e Tocantins (66%). 
“Ouso dizer que esta é a única boa noticia ambiental que o planeta teve este ano do ponto de vista de mudanças do clima. Em relação aos compromissos de metas voluntárias de redução de emissões estamos bastante avançados”, afirmou a ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira. “É a menor taxa de desmatamento da história. Tem o grande marco que é jogar o desmatamento abaixo dos 5 mil quilômetros quadrados.”
A meta voluntária definida pelo governo brasileiro é reduzir a expansão anual da área de desmatamento ilegal da Amazônia para 3,9 mil quilômetros quadrados até 2020. Com o novo índice, fica falando apenas redução de 4% para que a área ambiental atinja a meta, oito anos antes do prazo.
De acordo com a ministra, embora não tenham sido identificadas todas as causas da elevação do desmatamento nesses estados, no Tocantins o problema está associado ao Cerrado Amazônico, que permite reserva legal de 35%. “Como os estados ainda não tornam disponíveis as informações do que é legal e do que é ilegal, não conseguimos identificar quanto do aumento desse desmatamento está associado a incremento de infraestrutura e de supressões legais”, informou.
No Amazonas, segundo Izabella Teixeira, ainda existe forte pressão de migração em torno da BR-317, na região de Apuí, onde existem denúncias de grilagem de terra. Conforme a ministra, a região está sendo monitorada. Com relação ao Acre, disse que não há informações.
“Possivelmente, trata-se de expansão urbana ou incremento de ocupação de território. Estamos perguntando ao governo do estado o que está sendo autorizado e o que os autos de infração do Ibama mostram, o que não tem licença ou que está com atividade ilegal. Por exemplo, [o agricultor] tem autorização para suprimir 10 hectares e suprimiu 30 hectares.”
Segundo Izabella Teixeira, a partir do ano que vem, a fiscalização será feita eletronicamente. Ao apresentar um novo aparelho que será utilizado pelos agentes ambientais, a ministra destacou que as operações ambientais vão entrar em um novo patamar a partir do ano que vem. “À medida que reduzimos o desmatamento, o desafio cresce. A partir de 2013, as ações serão marcadas por uma nova visão de operar tecnologia e planejamento estratégico e inteligência do monitoramento da Amazônia. Os modelos estão sendo revistos e nosso objetivo é acabar com a ilegalidade do desmatamento na Amazônia”, disse.
Com informações da Agência Brasil e Rede Brasil Atual.

Califórnia: Família morre afogada tentando salvar cachorro


praia

Na Califórnia (EUA), um casal e seu filho morreram afogados na tentativa de salvar seu cachorro levado da praia por uma onda de 3 metros.

Gregory James Kuljian, menino de 16 anos, lançou-se na água atrás do animal. Seu pai, Howard Gregory Kuljian, foi socorrê-lo mas uma forte corrente o levou para longe da costa.
Inicialmente, Gregory conseguiu sair, sozinho, à praia, onde sua mãe, Mary Helena Scott, sua irmã e amiga estavam à espera dele. Quando se tornou claro que o pai estava em perigo, Gregory e sua mãe lançaram-se na água na tentativa de salvá-lo mas morreram afogados.
O cachorro, contudo, conseguiu sair ileso à terra.

Rebeldes sírios abateram caça da Força Aérea da Síria


Síria

Os rebeldes abateram um caça das tropas governamentais na província de Idlib, no norte da Síria. O avião caiu perto da fronteira turca e explodiu. Os combatentes armados afirmam que o avião foi abatido por um míssil terra-ar.

Há um mês, a Rússia declarou que os EUA têm vindo a apoiar os fornecimentos de sistemas de defesa antiaérea aos adversários do presidente da Síria, Bashar al-Assad. O Departamento de Estado dos EUA negou estas acusações.

Cresce o número de países dispostos a apoiar Palestina na ONU


palestina onu palestina

Cresce o número de países dispostos a apoiar o pedido palestino de obter o status de país-observador na ONU. Hoje, a Espanha, Suíça, Noruega e Dinamarca manifestaram sua intenção de votar a favor do novo status da Palestina.

O ministro das Relações Exteriores do Reino Unido William Hague pretende anunciar aainda hoje aos membros do parlamento que Londres apoiará o pedido palestino.
Recentemente, também a Franças anunciou o seu apoio. A votação sobre a questão terá lugar na Assembleia Geral da ONU nesta quinta-feira, 29 de novembro. Para receber o novo status, a Palestina deve ser apoiada pela maioria dos 193 países-membros da Assembleia Geral. Atualmente, 132 deles reconhecem a Autoridade Nacional Palestina como um Estado.

São Paulo é negligente no combate à onda de violência, diz Anistia

Policiais observam corpos em São Paulo (foto: Getty Images)
Autoridades de São Paulo estão falhando em garantir a segurança pública e punir abusos a direitos humanos cometidos por agentes do Estado, afirmou a Anistia Internacional em entrevista exclusiva à BBC Brasil.
A afirmação ocorre em meio a uma onda de violência que já resultou nas mortes de mais de 90 policiais desde o início do ano e levou o número de vítimas de assassinatos no Estado para 571 só em outubro. A Anistia Internacional citou suspeitas de envolvimento de policiais em homicídios motivados por vingança e disse que tais casos não foram investigados adequadamente "durante muitos anos".
A Secretaria de Segurança Pública de São Paulo afirmou que vem cumprindo as leis de forma rigorosa, prendendo e expulsando maus policiais em todos os casos de violações.
"O Estado não compactua com policiais criminosos", disse a pasta em nota.
"Condenamos a negligência do Estado em duas questões: garantir segurança pública ampla e respeitosa e assegurar justiça para as vítimas de violações cometidas por agentes do Estado", afirmou Tim Cahill, pesquisador da Anistia Internacional, especialista em assuntos brasileiros.
A Anistia Internacional também condenou os ataques contra policiais, mas afirmou que é necessária a criação de um órgão federal independente, com poderes suficientes para investigar violações de direitos humanos no país.

Ciclo de violência

Desde o início deste ano vem se intensificando em São Paulo um conflito entre policiais e a facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital).
Segundo analistas e promotores ouvidos pela BBC, ações mais agressivas adotadas pela polícia para enfrentar o PCC provocaram uma forte retaliação do crime organizado, que deixou dezenas de policiais mortos - a maioria atacada no período de folga.
Em um ciclo ascendente de violência, grupos de atiradores não identificados deram início a uma onda de ataques a vítimas em bairros e cidades periféricos de São Paulo.
Imediatamente surgiram suspeitas de que tais esquadrões da morte eram formados por policiais e ex-policiais que decidiram agir por conta própria.
O ex-delegado geral de São Paulo chegou a afirmar na semana passada que registros criminais de parte das vítimas dos atentados foi checada em computadores da polícia momentos antes dos assassinatos. Horas depois, ele mudou sua declaração afirmado que tal prática foi um problema "no passado".
"A Anistia Internacional tem seguido a questão da violência em São Paulo por décadas". disse Cahill à BBC Brasil.
"Há muitos anos houve um alto número de mortes cometidas pela polícia que não estão sendo investigadas. Nós acreditamos que isso contribui não só para a corrupção da polícia mas para o próprio envolvimento da polícia em atos criminosos"
Em maio de 2006, o PCC praticamente parou a cidade de São Paulo com uma série de ataques contra forças de segurança pública. A violência na ocasião deixou quase 50 políciais e agentes penitenciários mortos e resultou nos assassinatos de aproximadamente 400 pessoas.
Cahill afirmou que tanto em 2006 como agora há fortes indícios de envolvimento de policiais nas mortes de civis, embora a Anistia não tenha "evidências concretas".
"Como em 2006, recentemente há uma grande suspeita de que o aumento notável de homicídios no Estado de São Paulo inclua um envolvimento forte de policiais", afirmou.

Órgão independente

Ele afirmou ainda que é necessário conduzir um processo de investigação independente sobre os casos e criar no país o que chamou de "um instituto nacional de direitos humanos", que seja independente do Estado e tenha o poder de investigar as ações da polícia.
Cahill disse que um projeto de lei relacionado a esse assunto tramita no Congresso, mas ele não atenderia totalmente a padrões internacionais de independência.
Afirmou ainda que o país deve abolir a prática de registrar assassinatos cometidos por policiais sob a classificação de "resistência seguida de morte". Esse recurso, afirmou, serviria apenas para evitar investigações imediatas e ajudaria a acobertar ações de maus policiais.
A Secretaria da Segurança Pública afirmou que embora a Anistia Internacional seja uma organização respeitável, suas declarações à BBC estão "equivocadas".
A pasta afirmou que o novo Secretário de Segurança Pública, Fernando Grella, determinou "reforço e atenção prioritária às investigações (dos assassinatos recentes), considerando-se todas as hipóteses nas apurações".
Ele anunciou uma integração maior entre os diversos setores da polícia e reforços nas forças de seguranças "para garantir a obtenção de resultados satisfatórios à população".
Leia mais em BBC Brasil

terça-feira, 27 de novembro de 2012

Restos mortais de Arafat foram exumados


Cisjordânia Yasser Arafat esgumação

Um grupo internacional de peritos exumou o corpo do líder palestino Yasser Arafat, enterrado num mausoléu em Ramallah.

Agora os especialistas da França, Suíça e Rússia irão investigar se os restos mortais de Arafat tenham uma presença de substâncias tóxicas e radioativas. Espera-se que os resultados de testes serão divulgados em alguns meses.
Yasser Arafat foi morto em 2004 depois de uma breve doença, cuja causa até então está desconhecida.

Fumo 'apodrece' cérebro, diz estudo


O cigarro "apodrece" o cérebro ao danificar a memória, o aprendizado e o raciocínio lógico, segundo um estudo feito por pesquisadores da universidade King's College London, na Inglaterra.
A pesquisa feita com 8,8 mil pessoas com mais de 50 anos mostrou que alta pressão sanguínea e estar acima do peso também afetam o cérebro, mas não na mesma medida.
Cientistas envolvidos na pesquisa afirmam que as pessoas precisam perceber que o seu estilo de vida afeta tanto a mente quanto o corpo.
A pesquisa foi publicada na revista científica "Age and Being".

Os pesquisadores investigaram o elo entre o cérebro e as probabilidades de ataque cardíaco e derrame.
Os voluntários da pesquisa -- todos com mais de 50 anos -- participaram de testes de memorização de novas palavras. Eles também eram instigados a dizer o maior número de nomes de animais em um minuto.
Os mesmos testes foram realizados após quatro anos e depois oito anos.
Os resultados mostraram que o risco de ataque cardíaco e derrame "estão associados de forma significativa com o declínio cognitivo". As pessoas com maior risco foram as que mostraram maior declínio.
Também foi identificada uma "associação consistente" entre fumo e baixos resultados no teste.
"O declínio cognitivo fica mais comum com o envelhecimento e para um número cada vez maior de pessoas interfere com o seu funcionamento diário e bem-estar", diz Alex Dregan, pesquisador que trabalhou no estudo.
"Nós identificamos uma série de fatores de risco que poderiam ser associados ao declínio cognitivo, e todos eles podem ser modificados. Nós precisamos conscientizar as pessoas para a necessidade de mudanças de estilo de vida por causa do risco de declínio cognitivo".
Para Simon Ridley, pesquisador da entidade Alzheimer's Research UK, o declínio cognitivo ao longo dos anos pode levar a doenças como demência.
Outra entidade britânica de estudo do Alzheimer -- a Alzheimer's Society -- emitiu uma nota na qual elogia o estudo da King's College London.
"Todos sabemos que cigarro, alta pressão sanguínea, altos níveis de colesterol e alto índice de massa corpórea fazem mal ao coração. Essa pesquisa acrescenta vários indícios de que isso pode fazer mal à cabeça também".
WSCOM Online

Timão divulga lista dos 23 jogadores do Mundial


O Corinthians anunciou nesta segunda-feira a lista dos 23 jogadores que disputarão o Mundial de Clubes, a partir do dia 12 de dezembro, no Japão. A surpresa da relação é a ausência do peruano Ramírez. O zagueiro Felipe e o meia Giovanni, pouco aproveitados ao longo da temporada, estão inscritos.
A lista enviada pelo clube ainda pode sofrer uma modificação nas próximas horas. A Fifa questiona a inscrição do volante Guilherme. O jogadorchegou ao Corinthians em 15 de agosto, depois do fechamento janela de transferências internacionais, o que, de acordo com a entidade, inviabiliza a participação dele no Mundial.
A defesa do clube está em cima de a transação ter sido feita no Brasil, já que Guilherme foi contratado da Portuguesa. O clube enviou à Suíça um ofício explicando que a CBF autoriza as negociações entre clubes do país e, por isso, ele poderia viajar com a delegação. Caso o argumento não seja aceito, Willian Arão fica com a vaga.
O peruano Ramírez perdeu muito espaço no elenco ao longo do segundo semestre e sequer ficou no banco diante do Peixe, aumentando a especulação de que não seria levado ao Oriente. Ele dificilmente continuará no clube no próximo ano e já deu declarações à imprensa de seu país de que pretende sair para jogar com mais frequência. O destino deve ser o Universitario, do Peru. Também pesou contra ele uma lesão muscular na coxa esquerda.
Com Giovanni aconteceu o contrário. O garoto de 18 anos, campeão da última edição da Copa São Paulo de Juniores, passou a ter mais chances depois da Libertadores e agradou a Tite. O meio-campista chegou a ser liberado pelo treinador para se apresentar à seleção brasileira sub-20 que disputará o Sul-Americano em janeiro. No entanto, Giovanni pediu para permanecer e se juntar ao grupo alvinegro – tem dez jogos e um gol pelo Timão.
Já Felipe, de 23 anos, viveu uma situação curiosa. O defensor era a última opção para a posição, quase foi emprestado ao Flamengo durante o Brasileirão e deixaria o clube em 2013 para ganhar experiência. A situação mudou depois que precisou entrar no lugar de Wallace, lesionado, contra o Bahia, no Pacaembu. Tite gostou tanto que optou por segurá-lo no elenco e dar uma chance de leva-lo ao Mundial. Ele fez apenas quatro partidas pelo clube.
Outro fator que colaborou para a presença dele é a ausência de um volante reserva com as mesmas características de Ralf. Tite foi obrigado a recorrer ao zagueiro Anderson Polga na função – enfrentou o Santos assim. Com isso, abriu uma vaga para Felipe na defesa.
A delegação corintiana embarca para o Oriente na madrugada do dia 4 de dezembro, fazendo uma escala de 24h em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos.
Confira a lista de jogadores do Corinthians no Mundial
Goleiros: Cássio, Julio Cesar e Danilo Fernandes
Laterais: Alessandro, Fábio Santos e Guilherme Andrade
Zagueiros: Chicão, Paulo André, Wallace, Anderson Polga e Felipe
Volantes: Ralf, Paulinho, Guilherme* (ou Willian Arão) e Edenílson
Meias: Douglas, Danilo e Giovanni
Atacantes: Emerson, Paolo Guerrero, Jorge Henrique, Martinez e Romarinho
WSCOM